Confira papel de parede para quarto infantil, dicas e muito mais!

6 dicas de ouro para escolher papel de parede para quarto infantil

As mamães e papais só querem o melhor para seus pequenos, não é mesmo? E quando falamos do quartinho deles, isso não é diferente. Os pais não medem esforços para montar um lugar confortável e gostoso para as crianças.

Nesse sentido, utilizar recursos lúdicos decorativos, como papéis de parede, é uma ótima ideia para agradar a criança e personalizar o espaço. 

Com os papéis de parede, você consegue criar um design aconchegante e diferente, sem deixar a diversão de lado.

As texturas, cores e desenhos transmitem variadas sensações e são capazes de passar mais tranquilidade aos pequenos e a toda família.

Sem dúvidas, o papel de parede para quarto infantil faz toda a diferença, transformando o ambiente. E o melhor é que ele é prático e fácil de instalar e limpar.

Então para te ajudar na escolha desse item tão especial, separamos aqui as principais dicas para você arrasar na escolha do papel de parede para quarto de bebê, infantil ou juvenil!

1 — Case o papel de parede com a decoração do quarto

O ideal é selecionar, em conjunto, as peças de decoração, os móveis e o papel de parede para quarto infantil. Segundo profissionais da área, fazer essas escolhas em conjunto resulta em uma decoração harmônica.

Sendo assim, defina os tons do ambiente e procure o papel de parede ideal  que se adeque ao estilo de decoração planejada.

Uma opção é partir de um papel de parede que tenha lhe encantado e a partir dele escolher os móveis e demais itens de decoração.

E para ter certeza que essa composição será harmônica, é aconselhável escolher os móveis, os itens decorativos e os papéis de parede na mesma loja. A Cadô tem opções incríveis de papel de parede para quarto de menino e papel de parede para quarto de menina, além de móveis e peças de decoração que combinam com eles. 

Perceba, na imagem abaixo, como todos os itens do quarto estão em harmonia:

Exemplo de papel de parede para quarto de menino

2 — Atenção à escolha das cores

Quando pensamos nas cores de papel de parede para quarto infantil, percebemos que o rosa e o azul costumam ser os mais procurados, porém algumas novas tendências estão aparecendo.  

Segundo alguns especialistas, o cinza é o novo bege. Essa cor tem sido destaque quando falamos de papel de parede para quarto de menino

Outra tendência é a mistura de cores em diferentes paredes, com diferentes papéis de parede. Antes, as pessoas apostavam em um espaço monocromático, mas agora estão mais abertas à possibilidade de um mix no ambiente.

Exemplo de papel de parede para quarto de menina

Contudo, principalmente quando falamos de papel de parede para quarto de bebê, precisamos tomar cuidado com o super-estímulo. 

A decoração do quarto de um bebê não deve ser pensada somente em termos estéticos, mas também nas sensações que irá provocar. 

Exemplo de decoração para quarto do bebê

Quando for escolher o papel de parede para quarto de bebê, evite cores fortes ou misturas que vão estimular demais a atenção do bebê. Caso ele fique muito estimulado, pode até ter dificuldades para dormir, por exemplo.

3— Escolha as estampas de acordo com seus objetivos

Os papéis de parede podem ser listrados, estampados com figuras ou lisos. Antes de escolher, tenha em mente que o papel possui um poder determinante na composição de um ambiente. Então, faça a seguinte pergunta a si mesmo: “quanto eu quero que o papel chame a atenção dentro do quarto?”

Se quiser que ele seja o centro das atenções, as melhores opções são papéis de parede com listras marcadas, estampas figurativas, florais maiores e geométricos mais coloridos. 

Por outro lado, se o seu objetivo é criar um ambiente mais aconchegante e delicado, dê preferência aos lisos, com texturas, pequenas estampas ou listras mais discretas.

Imagem ilustrativa de papel de parede para quarto infantil

Estampas de natureza e animais estão em alta. A natureza transmite relaxamento e bem-estar. Por isso, ter um pouquinho dela dentro do quarto deixa tudo com um aspecto mais natural e ainda complementa a decoração. Flores, folhas e animais são figuras ótimas para chegar nesse objetivo e podem, inclusive, ajudar no sono da criança, já que não apresentam cores muito fortes e chamativas.

Outras estampas comuns usadas em papel de parede para quarto infantil são as geométricas, com listras, tons pastéis e com balões.

A nova coleção de papéis de parede da Cadô conta com estampas atemporais, disponíveis em cores neutras e divertidas, tons terrosos e desenhos minimalistas. Confira e aproveite!

4 — Preste atenção no tamanho das estampas

Uma dica valiosa é em relação ao tamanho das estampas, porque ela pode influenciar muito na sensação que possuímos sobre as dimensões do quarto.

Exemplo de papel de parede para quarto de bebê

Estampas pequenas e com listras verticais, por exemplo, trazem a sensação de amplitude aos ambientes reduzidos. Já as estampas grandes e bastante coloridas tendem a se ajustar melhor a espaços maiores, dando ao ambiente amplo mais um toque aconchegante.

Contudo, vale lembrar que não é porque o quarto da criança é pequeno que você deve se limitar a estampas discretas e pequenas. As estampas coloridas grandes também são uma boa opção, só é preciso ter cuidado no momento de escolher onde e de que forma usá-las.

Para não errar, uma sugestão é colocar estampas grandes somente em uma parede do quarto, para dar destaque, enquanto as demais continuam lisas, listradas ou com textura.

5— Escolher um papel de parede pode ser mais vantajoso do que pintar

Se compararmos com a pintura, os papéis de parede fornecem muitos benefícios: apresentam um infinito leque de estampas e cores, podem ser instalados rapidamente e sem cheiro, é possível usar o ambiente onde o papel foi aplicado logo depois do término da instalação, e muito mais. Com os papéis, é possível fazer a personalização do local quase de forma instantânea.

Quanto à durabilidade, os papéis de parede podem durar até três vezes mais do que a tinta de parede. O papel vinílico, por exemplo, possui uma vida útil de cerca de 12 anos, caso seja bem cuidado.

Outra vantagem é que o papel de parede também ajuda a camuflar pequenas imperfeições e falhas no acabamento da superfície da parede, como desníveis. Em geral, essas imperfeições são destacadas quando se utiliza a pintura tradicional. 

No entanto, lembre que  infiltrações e trincos são problemas estruturais que não devem ser ignorados, porque podem danificar o imóvel. Nestes casos, é muito importante verificar o problema e consertá-lo antes de instalar o papel de parede.

Para maior durabilidade e resultados mais satisfatórios, invista em papéis de parede de alta qualidade, como os da Cadô. 

6 — Cuidado com a aplicação do papel

Um erro bem comum está relacionado com a aplicação do papel de parede. Mesmo que muitos  acreditem que têm as habilidades necessárias para aplicá-lo, existem técnicas usadas por especialistas que evitam, por exemplo, bolhas e erros de direcionamento.

Por isso, às vezes, investir em um profissional para aplicar o papel de parede pode sair mais em conta do que tentar aplicar e acabar cometendo um erro.

Conte com a Cadô Design

Esperamos que as dicas tenham te ajudado, e nós da Cadô temos tudo o que você precisa para garantir seu papel de parede para quarto infantil com as mais variadas opções, além de itens decorativos que seguem a mesma proposta. Temos certeza que você vai encontrar o que procura com a gente e se surpreender!

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *